Visitação Médica: Questão de venda e posicionamento da farmácia magistral

Muitos tratamentos são orientados e desenvolvidos com soluções que só podem ser encontradas nas Farmácias de Manipulação. O que não significa que, por conta disso, há demanda garantida em seu negócio. Até mesmo porque é necessário se sobressair da concorrência.

A estratégia para aumento de vendas no Setor Magistral não deve se limitar às promoções e ações voltadas ao consumidor final ou à loja. É imprescindível estabelecer um bom relacionamento também com médicos, dentistas, veterinários e outros profissionais prescritores, pois a partir de seu trabalho os pacientes podem ser conduzidos a sua farmácia. Mas por que ela deveria ser indicada e não outra? Quais qualidades ela apresenta? O prescritor, sequer, a conhece? Existe uma relação de proximidade que o faça confiar no trabalho que é realizado pelo seu negócio? E como ele pode ficar com uma boa impressão?

Essas questões são cruciais e fazem da Visitação Médica uma ferramenta indispensável para posicionar a marca, elevar o número de clientes potenciais e avançar no mercado. Entretanto, sua equipe deve estar preparada para conquistar as oportunidades.

Funções da Visitação Médica

O processo de visitação a prescritores desempenha diferentes funções que favorecem a Farmácia de Manipulação e seu marketing estratégico. Com esse trabalho é possível:

  • Aproveitar novas oportunidades de receituário;
  • Estreitar o relacionamento médico e obter a confiança desses profissionais;
  • Posicionar o negócio de maneira proativa, divulgando sua atuação e ressaltando seus diferenciais junto a influenciadores por excelência;
  • Desfazer possíveis resistências ou preconceitos que possam existir com relação aos medicamentos manipulados;
  • Levar conteúdos relevantes e manter o prescritor atualizado, o que fortalece a relação;
  • Conquistar o respeito dentro do segmento e, assim, criar oportunidades para novas parcerias.

Preparação do farmacêutico magistral

Como foi mencionado, o sucesso da Visitação Médica depende não só da estratégia traçada, como também do preparo dos farmacêuticos em se alinhar adequadamente a ela. Nesse sentido, é imprescindível que eles:

  • Definam e estudem os produtos (matéria-prima, mecanismos de ação, indicações e contraindicações, entre outros detalhes) ou ações que serão apresentados. Dessa forma, devem estar seguros para responder dúvidas e lidar com possíveis resistências;
  • Estejam conscientes dos objetivos buscados pelo negócio;
  • Desenvolvam uma abordagem de vendas consistente e atenta a novas oportunidades;
  • Apresentem materiais ricos que não só mostrem as soluções da farmácia, como também informem e atualizem o prescritor;
  • Cuidem de sua aparência e de toda a organização com seus materiais.

Sintonia estratégica

Ao iniciar os esforços de visitação toda a farmácia tem de estar em sintonia com as metas traçadas. Os colaboradores devem saber quais produtos e formulações estão sendo promovidos para que possam fortalecer a comunicação sobre eles no ponto de vendas.

Além disso, precisam incorporar o posicionamento definido a fim de que sua abordagem crie uma sinergia de marketing coerente, bem orientada e perspicaz. Ou seja, não é possível que lá fora o discurso seja um e dentro do estabelecimento, outro.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo