Saiba como cuidar da saúde das unhas e mantê-las saudáveis

saúde das unhas

A maioria das mulheres não abre mão de ter unhas bonitas. Mas nem todas sabem que a saúde das unhas é ainda mais importante do que sua estética.

Em tempos de quarentena e home office, o cuidado com as unhas é negligenciado. Mas é justamente neste momento que as unhas ficam mais expostas a diferentes tipos de produtos de limpeza e higiene, além das mudanças na dieta, o que contribui para o seu enfraquecimento.

Aliás, você sabia que a aparência das unhas diz muito sobre a saúde do corpo como um todo? Conheça a seguir alguns sinais que podem ser associados a doenças e descubra como cuidar da saúde das unhas.

O que as unhas dizem sobre a sua saúde?

Pouca gente sabe, mas um exame minucioso das unhas pode ser de grande valor para os médicos. Isso porque a aparência das unhas, especialmente seu formato, cor e textura, dão bons indícios de como está a saúde de uma pessoa.

Unhas quebradiças, secas e opacas, por exemplo, podem ser indicativo de anemia. Já unhas arroxeadas, arredondadas e curvadas para baixo estão relacionadas a doenças cardiovasculares ou pulmonares.

A aparência das unhas também pode indicar falta de vitaminas no corpo. Deficiência de vitamina A, por exemplo, deixa as unhas esbranquiçadas, quebradiças e com aspecto de casca de ovo. Falta de vitamina C, por sua vez, provoca hemorragia embaixo das unhas.

Apesar da aparência das unhas ter uma estreita relação com a saúde do corpo como um todo, nem sempre os sinais apresentados indicam a presença de doenças. Por isso, apenas uma avaliação médica pode determinar o estado de saúde de uma pessoa.

Dicas para cuidar das unhas e mantê-las saudáveis

Mesmo em meio à correria do dia a dia, é importante manter a saúde das unhas. A boa notícia é que você só precisa seguir alguns cuidados básicos, listados abaixo:

Hidratação

É o fator-chave para unhas saudáveis. Pode ser feita com produtos específicos, principalmente após lavar as mãos, e complementada com a ingestão da quantidade adequada de água ao longo do dia.

Esmaltes

O uso contínuo de esmaltes pode tornar as unhas quebradiças e ressecadas, especialmente os esmaltes em gel. O ideal é deixar as unhas sem esmaltar por um ou dois dias, e até uma semana com esmalte, além de não removê-lo sem os produtos adequados.

Removedores

O removedor de esmalte é uma opção mais segura para as unhas do que a acetona. Com uma fórmula menos agressiva, ele não resseca as unhas, deixando-as com uma aparência mais brilhante.

Bases

A função da base é proteger as unhas. Por isso, aplique-a antes do esmalte para evitar que ele entre em contato direto com a unha. Além disso, as bases podem conter componentes que ajudam a nutrir e fortalecer as unhas. Procure por produtos com essas funções.

Manicure

Para evitar problemas, leve seus próprios instrumentos ou certifique-se de que a profissional desinfeta todos os materiais antes de cada uso.

Alimentação

A falta de vitaminas e minerais no corpo pode acarretar unhas quebradiças, descamadas e manchadas, além de favorecer o ataque de microrganismos. Portanto, manter uma alimentação variada e balanceada é uma das melhores formas de cuidar das unhas.

Cutículas

Não é aconselhável remover a cutícula totalmente, pois sua função é proteger as unhas de fungos e bactérias. Além disso, é melhor optar por produtos redutores de cutículas ao invés de utilizar o alicate. Lembre-se de mantê-las sempre hidratadas!

Pés

Embora menos visíveis, as unhas dos pés também precisam de cuidados. É simples: corte e lixe as unhas a cada 15 dias, alterne o uso de esmaltes como nas mãos e faça cortes que evitem o encravamento.

Luvas

Para quem tem contato frequente com produtos de limpeza ou realiza trabalhos de jardinagem, o uso de luvas é fundamental para proteger as unhas.

Colágeno VERISOL®

O colágeno já é usado em cosméticos e produtos de beleza há muitos anos, em determinados itens, como cremes hidratantes, shampoos e cremes faciais, para manter uma boa aparência externa da pele. No entanto, pesquisas mostram que a maior eficácia do colágeno não é de fora para dentro, e sim de dentro para fora.

A saber, os peptídeos de colágeno são obtidos em um processo em que ele é quebrado para obter um perfil bioativo de peptídeo. Ainda que inicialmente não fosse o foco, observou-se uma melhoria considerável na saúde das unhas de pessoas que ingeriam VERISOL®, composto por peptídeos de colágeno, como um efeito colateral positivo. Agora, pela primeira vez, uma investigação clínica analisou a eficácia da dosagem específica de 2,5g/dia para a Síndrome das Unhas Frágeis.

Qual foi o estudo e quais os seus principais resultados?

Um total de 25 mulheres saudáveis recebeu uma dose diária de 2,5g de VERISOL® por 6 meses, ficando em observação por um período de quatro semanas. As participantes tinham idade de 18 a 50 anos e todas elas apresentavam, ao menos, um sintoma da Síndrome das Unhas Frágeis. Assim, após as quatro semanas, passaram por avaliações e registros fotográficos.

Os efeitos da ingestão de VERISOL® foram analisados após 12 semanas de tratamento: houve um aumento de 10% no crescimento das unhas. Esse valor aumentou para 12% após 24 semanas e 15% quatro semanas após a última ingestão. Além disso, a frequência de rachaduras também diminuiu significativamente.

VERISOL®, além da eficácia para a saúde das unhas, não apresenta interações com outros medicamentos.

E, por falar em colágeno, saiba como estimular sua produção na pele. Clique aqui!

Powered by Rock Convert
topo