Condições que garantem a qualidade de vida na terceira idade

qualidade de vida na terceira idade

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), até 2050 o número de idosos no país triplicará, chegando aos 66,5 milhões de pessoas. Aliás, em 2030, o número de pessoas acima dos 60 anos terá ultrapassado o de crianças. Ou seja, estamos vivendo mais! Entretanto, não basta alcançar a longevidade, é necessário ter qualidade de vida na terceira idade.

Dessa maneira, como toda população de qualquer idade, os idosos também possuem necessidades específicas. Isso significa que em diversos aspectos do cotidiano e diferentes práticas devem ser desenvolvidas a fim de melhorar a qualidade de vida dos idosos. 

Além disso, a qualidade de vida precisa ser concebida de maneira mais ampla. É preciso também incluir a participação do idoso na sociedade, além dos cuidados com a saúde. Assim como, a manutenção da autonomia e independência após os 60 anos. 

Então, quais condições podem garantir a qualidade de vida na terceira idade? Saiba a seguir!

PARTICIPAÇÃO SOCIAL

Como falamos, a participação social é um dos pilares que proporciona qualidade de vida na terceira idade. Assim como em outros momentos da vida, a necessidade de participação é algo presente em qualquer idade. Entretanto, com a chegada da aposentadoria, essa participação social se desfaz. Afinal, para muitos, o trabalho costumava ser o principal espaço para a interação social.

Diante disso, a participação social ganha outras possibilidades para a terceira idade. Entre elas, a procura por aprendizados, estar atento ao meio, ocupação em atividades, colaborar socialmente e também conviver com o outro. Dessa forma, o idoso mantém relações interpessoais, o que proporciona maior qualidade de vida.

CUIDADOS COM A SAÚDE

Atingir a longevidade com saúde é primordial. Não basta manter uma rotina de exercícios, mas também se faz necessária a realização de checagens regulares. Ao mesmo tempo, não interromper tratamentos médicos é fundamental. 

Outro aspecto importante é a atenção à saúde mental. Nessa fase da vida, a depressão, falta de memória e doenças degenerativas mentais costumam ser mais frequentes. Portanto, ter cuidados com a saúde na idade avançada permite ter qualidade de vida para se manter saudável e ativo. 

ASSISTÊNCIA

A assistência ao idoso deve ser prioridade para diversos serviços prestados para a população. No caso das farmácias de manipulação, a atenção farmacêutica se destaca como uma das principais estratégias que têm impacto sobre os idosos. Nela, o farmacêutico atua tanto na orientação e acompanhamento do paciente quanto no uso de medicamentos. 

Portanto, para os idosos, essa atenção exclusiva promove melhores cuidados com a saúde, já que há um profissional farmacêutico especializado no seu atendimento. 

PROTEÇÃO E SEGURANÇA

Contar com maior proteção e segurança faz parte dos fatores que viabilizam mais qualidade de vida na terceira idade. Afinal, esse público fica vulnerável aos perigos presentes em diferentes espaços, como no próprio lar, espaços públicos e estabelecimentos. Sendo assim, é papel de cada um encontrar soluções para que os idosos possam exercer sua autonomia e não sofrer com o estresse de situações degradantes.

ALIMENTAÇÃO

Adotar bons hábitos alimentares na velhice garante que a saúde continue em dia. Além de manter um equilíbrio nutricional, é preciso ficar alerta às alterações que a chegada da idade avançada acarreta. Sejam elas mudanças nos sentidos, como paladar e olfato, passando pela absorção de nutrientes, que também pode ficar comprometida. Nesse caso, a manipulação de suplementos é uma das saídas que muitos idosos encontram para suprir suas necessidades diárias. 

Dessa maneira, é essencial seguir as recomendações de um profissional da saúde. Como resultado, manter uma dieta especial proporcionará uma vida mais saudável. 

AUTOESTIMA

O cuidado com a aparência já não é mais uma preocupação exclusiva de jovens e adultos. Os idosos também procuram soluções específicas. Sendo assim, a qualidade de vida na terceira idade também consiste em ter uma boa autoestima. Mas não é só a beleza que importa, o bem-estar também promove maior autoestima. Com isso, é possível estimular a vaidade, o autocuidado e independência como pilares para manter a autoestima elevada.

EXERCÍCIOS FÍSICOS

Como em outras etapas da vida, a prática de exercícios físicos deve ser incluída na rotina. Ao lado de uma alimentação balanceada, movimentar o corpo proporciona benefícios em diferentes níveis, como o aumento da imunidade, assim como a diminuição do risco de sofrer com depressão. Esses benefícios são essenciais para a qualidade de vida na terceira idade.

Além disso, existe ganho de massa muscular, manutenção da densidade óssea, melhora na coordenação motora e mobilidade. O colesterol bom, HDL, aumenta, enquanto que a pressão arterial diminui. Afinal, sabemos que após os 60 anos, são maiores as chances de tornar-se enfermo por essas doenças. Por isso, separamos abaixo alguns exercícios que podem ser feitos em casa!

PRENSA DE OMBROS

Em geral, este exercício é feito com os halteres, se você tiver, ótimo. Mas se não é o seu caso, utilize garrafas de água. Neste exercício, a pessoa fica sentada em uma bola ou cadeira sem braços, segura um peso em cada mão na altura dos ombros e levanta os braços até que ele fiquem esticados. Ou seja, acima da cabeça. Não é necessário nem aconselhável fazer com rapidez este exercício, vá devagar. Repita 10 vezes.

SUPINO HORIZONTAL

Com a ajuda de um bastão ou um cabo de vassoura, você poderá fazer o supino horizontal. Trata-se de deitar de barriga para cima, segurar o bastão com as mãos afastadas uma entre a outra, descer até a linha peitoral e voltar a subir. Sendo assim, a pessoa deve enxergar seus braços esticados. Podem ser feitas três séries de 12 repetições, e o intervalo entre elas deve ser entre 40 e 60 segundos.

ABDOMINAL RETO

O abdominal reto é um dos exercícios mais praticados e que movimenta partes estratégicas do corpo. Para isso, basta se deitar de barriga para cima, manter as duas pernas flexionadas e colocar as mãos atrás da cabela. Se ajudar, elas podem estar entrelaçadas. Sendo assim, é hora do desafio. Faça a flexão do tronco sem deixar que o queixo toque o peito. Podem ser feitas três séries de 12 repetições, e o intervalo entre elas deve ser entre 40 e 60 segundos.

JOELHO NO PEITO

Este também é clássico dos praticantes esportivos. Para os idosos, os benefícios também são ótimos, afinal, as articulações entram em ação. E como é de conhecimento geral, as dores nas articulações são mais comuns durante esse idade.

Primeiro, é necessário colocar no chão um tapete de ginástica ou algo confortável e estável para realizar o exercício. Segundo, deitado no tapete, a pessoa deve estar de barriga para cima. Terceiro, dobrar as pernas até perto peito e segurar o joelho nessa posição por 5 a 10 segundos. Por último, trocar de perna e fazer repetições de 10 vezes.

Os exercícios devem ser feitos com as devidas orientações médicas. O que é importante para prevenir lesões ou dores. Caso sinta isso durante qualquer movimento, pare. E se necessário, vá ao médico.

Diante de todas essas condições que garantem qualidade de vida na terceira idade, a farmácia de manipulação pode se aliar desse público e proporcionar uma vida equilibrada, longeva e saudável. Seja na atenção farmacêutica, na segurança, na promoção de participação social ou no cuidado com a saúde. 

Gostou do nosso artigo? Então, assine nossa newsletter e fique sempre atualizado sobre temas pertinentes a sua saúde!

Referências: Blog Freedom, SBGG. G1 e Tua Saúde

Comentários no Facebook

topo