Por que e como se tornar um médico empreendedor?

médico empreendedor

Muito se fala, mas poucos compreendem realmente o que é o empreendedorismo. No ramo da saúde, principalmente, existe ainda muita dúvida sobre os benefícios de ser um médico empreendedor e no que isso influencia em sua atuação.

Empreendedorismo consiste no processo de implementar um novo negócio ou de fazer mudanças em negócios existentes. Para empreender são necessárias algumas características como coragem e criatividade, para proporcionar ao seu cliente algo diferente do que sua concorrência oferece, sendo atraente para o público e rentável.

Embora milhares de médicos se formem todos os anos, a faculdade de medicina não prepara para a realidade do mercado. Numa área tão competitiva quanto a saúde, o empreendedorismo pode ser a chave principal para obter sucesso e destaque.

Vantagens de se tornar um médico empreendedor

O médico que resolve empreender e abrir sua própria clínica pode ter desafios pela frente, mas as vantagens são atraentes e fazem todos os obstáculos valerem a pena.

O primeiro atrativo de ter seu próprio negócio, principalmente no ramo da saúde, é a valorização justa de seu serviço. Uma das maiores reclamações dos médicos é o pagamento abaixo da média em hospitais e postos de saúde. Ter seu próprio negócio, possibilita criar sua própria tabela de preços para consultas e procedimentos particulares.

Outra vantagem é o controle da agenda de trabalho. Empreender e abrir sua própria clínica é ter o controle total da sua carga horária. Mas uma das maiores vantagens é a possibilidade de se destacar em seu ramo, trazendo diferenciais para sua clínica que atraia os clientes, até os mais exigentes.

Como se tornar um médico empreendedor?

Para empreender e superar os desafios que o próprio negócio pode gerar, o médico precisa se atentar e desenvolver algumas habilidades.

1. Gestão de finanças

O médico empreendedor tem que ter noção de sua vida financeira, entender conceitos de fluxo de caixa, taxas e impostos, custos e lucros para manter sempre seu negócio rentável e funcionando corretamente.

2. Noção de mercado

Para ter sucesso e destaque no mercado, é preciso conhecê-lo bem. Conhecer as demandas, tendências e necessidades é crucial para obter sucesso onde se quer atuar. O médico deve conhecer os processos da clínica, não somente envolvendo a prática da medicina. Essa etapa é importante quando há o projeto de abrir a clínica ou quando ela já existe. O estudo de mercado permite que as alterações necessárias sejam realizadas para potencializar o negócio.

3. Gestão de pessoas

O médico deve conseguir também gerenciar uma equipe de profissionais, não somente da saúde. Estudar e adquirir habilidades de gestão de pessoas é crucial para atrair colaboradores capacitados e manter uma harmonia de trabalho satisfatória entre a equipe, trazendo bons resultados.

4. Domínio de novas tecnologias

A tecnologia sofre evolução constante, muitas vezes trazendo estratégias e ferramentas que podem facilitar e melhorar o trabalho, não importa em qual área. Hoje, existem sistemas de gestão médica que podem simplificar alguns processos e tornar a rotina mais eficiente. Além disso, o profissional que investe em tecnologias, inclusive para o seu ramo de atuação, pode trazer sempre procedimentos diferenciados e modernos para seus pacientes.

Então, preparado para ser um médico empreendedor? Siga essas dicas e tenha o sucesso que tanto almeja!

Gostou do conteúdo? Aproveite para ler também sobre como abrir seu consultório e anote dicas úteis!

*Estas informações são direcionadas exclusivamente a profissionais prescritores.

Referências: BestMed, Rodrigo Padilha, Capital Contabilidade e Vitta.

Comentários no Facebook

topo