4 dicas de marketing para farmácias de manipulação

marketing para farmácia de manipulação

Para ter sucesso com uma farmácia magistral, não basta excelência nos produtos e serviços: é preciso que o público saiba disso para que o negócio conquiste clientes e ganhe tração, e conhecer as melhores estratégias de marketing para farmácia de manipulação é decisivo para que isso aconteça.

Uma farmácia de manipulação lida com a saúde dos seus clientes. Por isso, existem regras e limites éticos importantes em relação à forma como esse empreendimento pode ser divulgado. Além disso, são muitas as peculiaridades desse mercado que fazem a diferença na hora de elaborar uma estratégia de marketing.

Pensando nisso, organizamos um pequeno guia com 4 dicas de marketing para farmácia de manipulação. Conheça todas!

1. Faça parcerias com profissionais de saúde

A indicação de um médico é um fator decisivo na escolha de um cliente por uma farmácia de manipulação. Ao prescrever um medicamento, o profissional pode sugerir um estabelecimento de confiança ao seu paciente, mas, para efetuar essa recomendação, ele deve conhecer bem o local.

Por isso, vale a pena investir em visitação médica para conseguir um bom posicionamento da farmácia magistral. Estabelecer uma rede de relacionamento e parceria com médicos que usualmente receitam medicamentos manipulados é uma das técnicas mais eficientes de marketing para esse tipo de empreendimento.

2. Desenvolva um sistema de indicações

Cada cliente satisfeito da farmácia pode se tornar um promotor e ajudar na divulgação da empresa. Para isso, é importante desenvolver um sistema de indicações que recompense, de alguma forma, os consumidores que trouxerem mais pessoas para a loja.

Um método clássico é oferecer cupons de desconto para as indicações: quando um cliente que chega por recomendação de outro faz sua primeira compra, ganha um valor de desconto, como R$ 10, e a pessoa que o indicou receberá o mesmo desconto em sua próxima compra no estabelecimento.

3. Garanta sua presença on-line com uma página na web

Toda empresa precisa ter presença onde estão os seus clientes e, hoje, praticamente todos estão na Internet. Ter uma página na web não é mais uma opção para uma farmácia magistral, mas praticamente uma obrigação.

No entanto, na hora de desenvolver um site, é preciso ter atenção com a legislação que rege o setor. Se existir a opção de venda na Internet, por exemplo, é essencial que a loja esteja fisicamente aberta para clientes e não seja apenas um galpão fechado, como muitos empreendimentos de e-commerce.

Além disso, é preciso publicar na página da farmácia algumas informações, como licença de funcionamento, alvará da vigilância sanitária, autorização de funcionamento da Anvisa e outros.

4. Crie conteúdo informativo sobre os produtos da farmácia

Em uma farmácia de manipulação, existe a possibilidade de oferta de diversos produtos e medicamentos que, muitas vezes, são desconhecidos do público. Investir em conteúdo informativo pode mudar esse panorama.

Quem tem animais de estimação, por exemplo, pode gostar de conhecer o PETAGILE™ e suas propriedades. Já quem sofre com o estresse e o mau-humor pode encontrar suporte no Zembrin®.

Esse material pode ser desenvolvido tanto no meio digital como em folders informativos. A dica é fazer os dois.

E agora que você já conhece 4 recomendações de marketing para farmácia de manipulação, que tal aproveitar para aprender também 5 dicas de gestão para o seu negócio? Vamos lá!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo