Conheça 8 dicas essenciais de gestão financeira para clínicas

gestão financeira para clínicas

Não só do atendimento médico depende o sucesso da clínica. Tão importante quanto a saúde dos seus pacientes, é a saúde financeira do seu negócio. A gestão financeira para clínicas nada mais é do que um conjunto de procedimentos administrativos, que envolvem o planejamento e controle das atividades financeiras da empresa.

Por mais que o médico seja ótimo em sua área de atuação, para gerir sua própria clínica e assim obter sucesso, é importante saber como administrá-la corretamente. Por isso, a gestão financeira é de extrema importância.

Ela mantém a empresa sempre organizada para que o profissional se preocupe com o principal: cuidar de seus pacientes. Saiba como aproveitá-la!

Dicas de gestão financeira para clínicas médicas

Com a gestão financeira para clínicas é possível ter conhecimento sobre gastos, custos, potencial para investimentos e outros fatores que são essenciais para o funcionamento do negócio, além de administrar o dia a dia da clínica.

Anote algumas dicas que vão te ajudar!

1. Faça um fluxo de caixa eficiente

Controlar a entrada e saída de dinheiro vai auxiliar num planejamento financeiro realista, diminuindo o risco de prejuízos inesperados. Contabilize tudo o que entra e sai em sua clínica, mesmo que sejam pequenas despesas, fixas ou eventuais. Só desta forma será possível fazer uma previsão de quanto você poderá investir em seu negócio.

2. Faça um planejamento bem estruturado

Depois de montado o fluxo de caixa, montar seu planejamento fica mais simples. Estimar as receitas e despesas ajuda na mensuração de quanto poderá investir ou quanto terá que controlar, seja a curto ou longo prazo. Acompanhe de perto o retorno de investimentos e o crescimento da clínica.

3. Separe a vida financeira profissional da vida financeira pessoal

A clínica é o seu negócio, isso significa que mesmo que você seja o gestor/proprietário de sua empresa, é fundamental separar a pessoa física e jurídica. O prejuízo da empresa não pode afetar os funcionários, nem o dinheiro pessoal deve suprir as demandas da clínica, para não atrapalhar o fluxo de caixa do negócio.

4. Conte com a ajuda das ferramentas digitais

Aproveite o avanço da tecnologia e contrate uma ferramenta digital de gestão. Hoje existem várias opções que permitem ter acesso facilitado a informações, monitorar o fluxo de caixa com agilidade e aumentar a produtividade da equipe.

5. Contrate um contador especializado

Contratar uma assessoria facilita muito a gestão financeira para clínicas. Contratar um contador ajuda a evitar erros como se esquecer de declarar alguma receita para a Receita Federal, o que resulta em prejuízos. A ajuda do contador dá ao médico mais tempo para se preocupar com os pacientes, mesmo acompanhando de perto o trabalho do contador.

6. Preste atenção nos tributos e estabeleça metas realistas

Ao abrir a clínica, preste atenção em questões como o tipo de consultório e o faturamento para verificar aonde se enquadra no quesito tributário. Existem categorias que precisam pagar certos impostos ou tem isenções de alguns tributos. Estude bem como funciona o recolhimento de impostos para o seu tipo de clínica.

Estabeleça metas realistas, baseando-se na projeção de seus lucros e despesas futuras. Ter metas é importante para saber aonde quer chegar.

7. Tenha um fundo de reserva

Um fator importante na gestão financeira para clínicas é manter um fundo de reserva. Antecipe-se para não sofrer períodos de crise, sejam internos ou externos. Tendo sempre uma reserva, a clínica sofrerá menos impacto financeiro em tempos difíceis. Você pode utilizar a reserva para cobrir algumas despesas pontuais como férias ou décimo terceiro salário de funcionários.

8. Separe sempre as contas a pagar e a receber

Organize essas contas de modo eficiente para melhorar a gestão financeira de sua clínica. Com essa separação, você terá uma noção melhor do capital positivo da empresa, evitando prejuízos.

Então, preparado para colocar em prática essas dicas de gestão financeira para clínicas?

Assine nossa newsletter e fique por dentro de mais assuntos como este!

 

Referências: iClinic, ECR Consultoria, Administradores e Real Acessoria.

Comentários no Facebook

topo