Por que e como trabalhar formas farmacêuticas diferenciadas?

formas farmacêuticas

A farmácia de manipulação possui um enorme leque de possibilidades no cuidado com a saúde. Afinal, pelas suas próprias características, a farmácia promove tratamentos personalizados para cada indivíduo e ainda disponibiliza formas farmacêuticas diferenciadas. O que respeita o uso adequado de medicamentos, evita o desperdício e atende o cliente de maneira personalizada. Assim, a farmácia se destaca como um potencial agente da saúde.

Dessa maneira, as farmácias devem estar atentas às suas oportunidades. Isso significa adotar a inovação como uma prática constante. Com isso, poderá explorar melhor seus produtos e se destacar no mercado. Entre os diferenciais estão a atenção farmacêutica, a adaptação de tratamentos e a produção de manipulados individualizados.

Além disso, a farmácia magistral também pode apostar em formas farmacêuticas diferenciadas. Essa é uma tendência do ramo, disposta a oferecer um tratamento mais fácil e prático. As opções vão desde a válvula pump até chocolates funcionais. Essa pode ser uma ótima estratégia para as farmácias interessadas em promover a saúde, apresentando diferenciais para seus clientes e, assim, alavancar as vendas.

VANTAGENS DAS FORMAS FARMACÊUTICAS DIFERENCIADAS

Ao ter uma dosagem específica para seu tratamento, o paciente garante que terá o tratamento ideal para sua recuperação, sem ocorrer a sobra do medicamento. Essa possibilidade oferecida pelas farmácias de manipulação pode ir além, e garantir que a adesão ao tratamento também seja eficiente. É por meio de formas farmacêuticas diferenciadas que isso ocorre.

Uma suplementação pode ter maior adesão quando o formato é um doce, por exemplo. O mesmo ocorre na administração de medicamentos para crianças e idosos, que podem ter dificuldade de deglutição. Assim, uma forma farmacêutica mais atrativa e fácil de ser administrada pode ser a solução.

Outra vantagem é que as formas farmacêuticas diferenciadas representam também uma exclusividade para seus clientes. Dessa forma, haverá maiores chances de retorno do cliente e sua fidelização. Sobretudo, a farmácia ainda se destaca da concorrência, ganhando um diferencial.

Por último, a farmácia agrega valor aos seus produtos. O que lhe permite ter uma margem maior de lucro, já que os clientes enxergam os benefícios das formas farmacêuticas diferenciadas.

CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DAS EMBALAGENS

Todas as embalagens seguem determinações de segurança da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A função básica de uma embalagem é proteger, armazenar, comunicar, identificar e ser útil no acondicionamento do produto manipulado. Para isso, elas devem cumprir categorias básicas, como:

  • Embalagens primárias: há um contato direto com o medicamento e funcionam como a principal barreira de proteção. Entram nesta categoria os blisters e frascos de vidro.
  • Embalagens secundárias: protegem as embalagens primárias, ou seja, são aquelas caixas em que ficam guardadas a primeira embalagem. Um exemplo delas é o cartucho.
  • Embalagens terciárias: como diz o nome, armazenam a duas embalagens anteriores com o objetivo de melhorar o seu transporte. Podem ser caixas de papelão.

Além das preferências do paciente sobre as formas farmacêuticas, outros fatores são considerados na hora da escolha. Dessa forma, o farmacêutico avaliará o material da embalagem que deve proporcionar mais tempo de vida útil ao medicamento. Em geral, o plástico representa 30% das embalagens dos produtos farmacêuticos, pois é mais resistente, é popular entre os paciente e é um item versátil.

FORMAS FARMACÊUTICAS DIFERENCIADAS

Existem diversas formas farmacêuticas diferenciadas e que podem se adaptar melhor a cada tipo de tratamento e paciente. Assim, quanto mais possibilidades o ativo apresentar de apresentação do formato, mais vantajoso ele é. Separamos cada tipo de embalagem por sólida, semissólidas e líquidas, ou seja, de acordo com a forma do ativo. Confira!

SÓLIDAS

  • Gomas, balas e pirulitos: atrativas para crianças e também para os adultos. São mais fáceis de administrar que as clássicas cápsulas, o que torna o tratamento farmacêutico para as crianças e idosos mais prático. Já para os adultos, podem ser usadas em dietas e fins nutricionais, e aumentar a adesão aos tratamentos. Além disso, as gomas, balas e pirulitos podem ser saborizadas.
  • Chocolate: Para quem adora chocolate, a dieta pode ficar mais difícil. É por isso que nutricionistas têm receitado chocolates funcionais que auxiliam na perda de peso. Alguns proporcionam saciedade e até são fonte de nutrientes.
  • Blister: Neste formato, o paciente tem maior segurança na administração do seu medicamento que vem em cápsulas. A higiene também é outro ponto forte, pois cada cápsula vem separada na cartela, diferente do que acontece em embalagens como frascos em que há contato com várias delas ao mesmo tempo.
  • Pó: Nesta forma de apresentação, o ativo encontra-se finamente dividido e seco. Podem ser classificados como simples, se são derivados somente de um ativo. E caso seja uma mistura de dois ou mais ativos, é composto.
  • Cápsulas vegetais:Direcionadas especialmente para a manipulação de ativos altamente higroscópicos, os pacientes vegetarianos ou com necessidades especiais também podem se beneficiar, já que essas cápsulas são produzidas de HPMC (Hidroxipropilmetilcelulose), um produto 100% vegetal.

SEMISSÓLIDAS

  • Válvula pump: neste tipo de embalagem, o produto já sai na dose certa, diferente de um conta-gotas que pode vazar. Além disso, com a válvula pump não há contato direto com todo o medicamento, o que oferece mais segurança ao paciente. Podem ser produzidas cremes com o ativo e disponibilizada na embalagem que possui válvula pump.
  • Iogurtes: Iogurtes são uma ótima aposta de fórmulas farmacêuticas diferenciadas. A exemplo do IogoVita®, que torna mais fácil a adesão das crianças e até mesmo idosos aos tratamentos diversos. IogoVita® não contém açúcar e, portanto, é seguro também para diabéticos.
    Além disso, possui uma versão sem leite, para intolerantes à lactose.  Ideal para fórmulas farmacêuticas medicamentosas, nutricionais, nutricosméticas, infantis, entre outras.
  • Pastilhas sublinguais: De fácil absorção e com alta disponibilidade, o ativo entra pelos capilares sublinguais. As pastilhas podem ser saborizadas para que sejam mais atrativas e saborosas.

LÍQUIDAS

As embalagens líquidas são divididas em soluções, suspensões e emulsões. Um bom exemplo de soluções são os xaropes. Preparações que contém alto teor de açúcares ou algum adoçante substitutivo. Já as suspensões se caracterizam por terem o princípio ativo em partículas, finamente dividas e distribuídas uniformemente no veículo que apresente uma mínima solubilidade.

Por último, as emulsões são dispersões de duas fases de uma mistura que não são miscíveis entre si. com a ajuda de um agente tensoativo, um emulsionante, capaz de formar um sistema homogêneo. Aliás, as vantagens das embalagens com formulações líquidas são a fácil administração, rápida absorção e facilidade para ajustar a dose.

Além disso, também existem as microemulsões, no qual as partículas são finamente divididas com alta concentração de emulsionantes. Um bom exemplo é o gel transdérmico, uma microemulsão que facilita a permeabilidade do princípio ativo farmacêutico no local de ação.

POR QUE INVESTIR?

O mercado das farmácias magistrais é um dos que mais traz novidades para seus clientes. Estar atento aos últimos avanços no setor, permite à farmácia variar a apresentação de seus produtos. Afinal, muitos clientes já estão acostumados aos frascos com cápsulas e é isso que esperam obter quando vão até uma farmácia.

Portanto, surpreender o cliente e oferecer formas farmacêuticas diferenciadas, é uma maneira de oferecer um produto único. E essa é uma estratégia que se renova com frequência nas farmácias.

Com as formas farmacêuticas diferenciadas, a farmácia também pode alavancar suas vendas ao agregar valor aos seus produtos. Você acha que essa é uma dica interessante para seus colegas farmacêuticos? Então, compartilhe nosso artigo nas suas redes sociais!

* Estas informações são direcionadas exclusivamente para farmácias de manipulação. Consumidores finais não devem se guiar por elas.

Referências: Jornal Extra, JC Online e Farmacêutico Digital

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Comentários no Facebook

topo