Como aliviar o estresse no ambiente de trabalho e ser mais saudável?

estresse no ambiente de trabalho

O estresse no ambiente de trabalho pode comprometer o clima organizacional e trazer uma série de problemas. Além do baixo desempenho em razão da dificuldade em se concentrar, há o comprometimento da saúde.

Ansiedade, depressão, impaciência e irritabilidade excessivas são alguns dos sintomas mais comuns. Mas como reduzir o estresse, de forma a melhorar o clima na sua clínica?

São muitas as ações que você pode adotar para se sentir mais motivado e saudável. Continue a leitura do artigo e saiba como controlar melhor suas tarefas e ter mais qualidade de vida no trabalho.

6 formas de aliviar o estresse no ambiente de trabalho

O estresse no ambiente de trabalho é prejudicial não apenas para a carreira, mas também para a saúde e o bem-estar. Além dos problemas mencionados acima, o estresse crônico pode resultar em dor de estômago, distúrbio do sono, pressão alta e ainda enfraquecer o sistema imunológico.

Para que esse problema não influencie em sua saúde, vida pessoal e no desempenho no trabalho, você precisa agir. Confira abaixo algumas maneiras de aliviar estresse e melhorar o clima em sua clínica!

1. Crie uma agenda equilibrada

É fundamental ter uma agenda em que você possa desenvolver as suas atividades diárias de forma mais tranquila. Ou seja, de nada adianta agendar pacientes sem intervalos entre algumas consultas, de forma com que você fique sem pausa.

Uma agenda bem distribuída ajuda a manter o equilíbrio, possibilitando encarar melhor as possíveis dificuldades que surgem nas consultas. Portanto, considere uma folga de alguns minutos entre os atendimentos, para o caso de um deles ser mais longo.

2. Melhore a comunicação

Para não desmotivar a sua equipe e evitar conflitos, saiba como conversar com cada perfil de colaborador. Portanto, fofocas, especulações e ressentimentos acabam por gerar sentimentos negativos, gerando estresse no ambiente de trabalho.

Sobretudo, evite as falhas de comunicação em sua clínica, contribuindo assim para um ambiente mais agradável. Defina responsabilidades para cada um e comunique-se por meio de feedbacks, permitindo ao colaborador analisar seu desempenho. Dessa forma, é possível transmitir a ele maior segurança em relação ao emprego, evitando desgastes desnecessários e rotatividade de funcionários.

3. Defina limites para o trabalho

Não se permita levar trabalho para a casa, nem mesmo acessar e-mails, verificar mensagens e outros tipos de verificações. Ou seja, não deixe que o trabalho se infiltre em sua vida pessoal. Para isso, crie uma regra de não se envolver em nada relacionado ao assunto profissional após as 18h, por exemplo.

Outro ponto é não atender ao telefone quando estiver em um momento com a sua família, seja almoço, jantar ou passeios. Além disso, planeje com antecedência e atenção as suas tarefas cotidianas, dessa forma, mantendo o controle das atividades para não se atribular. Igualmente, não leve conflitos familiares e pessoais para o ambiente de trabalho.

4. Busque melhorar a organização

Organizar a sua rotina de trabalho é essencial para não se sentir sobrecarregado, já que essa é uma das principais causas de estresse. Portanto, saiba priorizar o que realmente importa. Por exemplo:

  • Tenha metas bem definidas;
  • Realize primero tarefas de alta prioridade;
  • Tenha objetivos bem esclarecidos;
  • Saiba delegar responsabilidades;
  • Defina prazos possíveis de serem cumpridos;
  • Tenha um cronograma que você consiga cumprir;
  • Deixe o trabalho mais cedo do que o costume, quando possível;
  • Reserve um espaço vazio na sua agenda;
  • Aprenda com seus erros.

Além disso, inverta o pensamento negativo, se concentrando no que te dá energia e motivação.

5. Entenda que não se pode controlar tudo

É fato que é impossível controlar tudo sozinho, ou seja, tentar abraçar o mundo e cuidar dele sozinho. Então, entenda que mesmo sendo uma clínica própria, existem coisas que estão podem fugir do seu controle.

Saber distribuir as tarefas é conseguir trabalhar em equipe. Confie mais na capacidade do seu grupo de funcionários, afinal, são profissionais qualificados a desempenhar funções para quais foram contratados. Concentre-se apenas no que você pode controlar para saber reagir diante de possíveis problemas.

6. Melhore a ambientação da clínica

Investir em cores e objetos contribui para evitar o estresse no ambiente de trabalho. Deixe o local mais alegre, invista em móveis arrojados. Leia também nosso artigo sobre ambientação da clínica.

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e receba conteúdos como este toda semana.

Estas informações são direcionadas exclusivamente a profissionais prescritores

Referências: Gympass, Época Negócios, Dale Carnegie e Atitude e Negócios.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo