Como diminuir a rotatividade de funcionários em sua farmácia?

diminuir rotatividade de funcionários

Quando o entra e sai dos funcionários é considerado normal? Essa é uma das perguntas que muitos empreendedores farmacêuticos se questionam. Afinal, é vantajoso para a farmácia diminuir a rotatividade de funcionários para não ter gastos excessivos com esse fator.

Além disso, quando há uma grande quantidade de trocas de colaboradores, esse pode ser um sinal de alerta. Por isso, é interessante ter um controle sobre a rotatividade para garantir um grupo de colaboradores eficiente e manter a saúde financeira da farmácia.

É preciso ressaltar que nas farmácias magistrais, o grau de especialidade dos colaboradores é alto. O que demanda que haja uma boa gestão de recursos humanos preocupada em manter na farmácia os talentos. Portanto, é preciso criar estratégias para diminuir a rotatividade de funcionários. Vejamos quais são elas!

ENTENDA A RAIZ DO PROBLEMA

Também conhecida como turnover, a rotatividade precisa ser analisada para averiguar quais são suas causas e se o índice é alto. Independente se os colaboradores foram demitidos pela farmácia ou por vontade própria, é valioso compreender os motivos para a saída.

Dessa forma, a farmácia poderá verificar quais são os pontos mais citados e como pode melhorar. A partir daí, criar um planejamento com medidas a serem tomadas para reverter o quadro. Outra ação interessante é criar um banco de dados com essas informações, assim a farmácia terá total conhecimento dos motivos mais comuns para o turnover.

INVISTA EM TREINAMENTO

Quanto mais interesse tem a empresa de desenvolver profissionalmente seu funcionário, mais motivado e capacitado ele se sentirá para exercer suas funções. E essa é uma via onde os dois lados ganham. Isso porque o funcionário sempre estará renovando seus conhecimentos e se aprofundando por meio dos treinamentos. Assim, enxerga benefícios em trabalhar na farmácia. Já para a farmácia, os treinamentos são um meio de garantir que seus funcionários estarão atualizados e mais preparados para oferecer os melhores produtos e serviços farmacêuticos.

CRIE UM AMBIENTE DE CONFIANÇA PARA O CLIENTE

Ao diminuir a rotatividade de funcionários, a farmácia conta com pessoas que são conhecidas pelo seu público, o que gera proximidade com seus clientes. Essa é uma vantagem competitiva no ramo da saúde, já que muitos clientes buscam estabelecer essa confiança com os funcionários da farmácia. Dessa maneira, é provável que mais clientes voltem à sua farmácia se ali encontram profissionais conhecidos e prontos para resolverem seus problemas.

CONSTRUA UM BOM AMBIENTE DE TRABALHO

Incentivar o profissionalismo, respeito e união entre as equipes de funcionários é essencial. Essa é uma forma de gerar um senso de pertencimento à farmácia e às pessoas que ali trabalham. Assim, quando há essa harmonia, mais motivador se torna o ambiente de trabalho.

Na farmácia magistral, as equipes de produção, balcão, visitadores médicos e gerentes conseguem se sentir mais integrados e dispostos a se ajudarem em prol dos objetivos da empresa. O que diminui as chances de os colaboradores buscarem outras propostas de trabalho.

CRIE UM PLANO DE CARREIRA

Sejam velhas ou novas gerações, todos os funcionários estão interessados em saber até onde podem chegar na empresa em que trabalham. Na farmácia não é diferente. De acordo com as metas pessoais e da empresa, é necessário apresentar um plano de carreira atrativo com metas, tempo dedicado, benefícios e demais itens que demonstrem a futura ascensão do colaborador.

Dessa maneira, os colaboradores se sentirão mais motivados a atingirem suas metas já que buscam um objetivo maior. Dessa maneira, é possível diminuir a rotatividade de funcionários ao oferecer condições de crescimento profissional.

ESTABELEÇA UMA CULTURA DE FEEDBACK DIRETO E PERIÓDICO

Reconhecer o funcionário é fundamental. Ao prestar um bom atendimento ao cliente, oferecer produtos novos, atingir suas metas e outros pontos positivos, o reconhecimento deve ser praticado. Ao mesmo tempo, o gerente farmacêutico deve apontar os erros do funcionário e formas de solucioná-los com profissionalismo e delicadeza.

Com isso, a farmácia garante a produtividade do funcionário, assim como informa periodicamente como está seu trabalho. O feedback com gerentes e empresa também deve ser incentivado, afinal, é uma troca em que ambos se aperfeiçoarem.

Você pode adaptar essas dicas com as particularidades da sua farmácia e com o tempo, virão os resultados para diminuir a rotatividade dos funcionários.

Uma última dica? É implementar um programa de treinamento na farmácia, leia aqui sobre o assunto!

Observação: Estas informações são direcionadas exclusivamente para farmácias de manipulação. Consumidores finais não devem se guiar por elas.

Referências: Xerpa e Blog Alelo

Comentários no Facebook

topo