As diferenças entre colágenos para a articulação de PETs

Diferenças entre colágenos para PETs

Assim como nos humanos, o colágeno é uma proteína presente na matriz extracelular do tecido conjuntivo dos pets. Ela representa entre 25% a 30% das proteínas totais do organismo e compõem diversas partes do corpo. Entre elas, a pele, tecidos, ossos, tendões, músculos e é responsável por dar estrutura, elasticidade e firmeza para a pele. Entretanto, existem diferenças entre colágenos com propriedades e finalidades próprias.

Por ser uma proteína conhecida que traz benefícios para o corpo animal, existem dúvidas sobre como ela atua. Em especial, o colágeno encontrado em cartilagens e articulações, responsável por manter a mobilidade animal.

Portanto, para começar a entender quais são as diferenças entre colágenos, citaremos primeiro quais são os tipos existentes. E depois, qual é a mais indicada para ajudar na saúde articular dos PETs.

DIFERENÇAS ENTRE COLÁGENOS: TIPO I E TIPO II

O tipo I de colágeno é o mais comum, ele é o resultado da quebra de moléculas de proteínas em partículas menores. Portanto, devido ao seu tamanho, é mais fácil de ser absorvido pelo intestino. Esse tipo traz benefícios como: mais firmeza para a pele, melhora a pressão arterial, fortalece unhas e cabelos e previne úlceras gástricas.

Também chamado de colágeno não desnaturado, o tipo II de colágeno compõe majoritariamente as cartilagens e articulações. Sua fabricação é por meio de um processo não enzimático, em temperaturas baixas a fim de não quebrar a proteína. Isso garante sua integridade.

PEPTÍDEOS BIOATIVOS DE COLÁGENO

Os peptídeos bioativos são as moléculas de colágeno hidrolisado. Portanto, suas partículas são ainda menores, mais fáceis e rápidas de serem absorvidas. Aliás, eles não podem ser considerados um tipo, mas uma forma de apresentação. Sendo assim, diferentes de ambos os tipos acima, pois durante seu processo de produção podem ser determinadas em que áreas do organismo vão atuar.

OSTEOARTRITE: O CASO NOS PETs

As articulações animais são mantidas por cartilagem,comumente apresentam sinais de degeneração, tão logo apareçam os sintomas da osteoartrite. Basicamente, é uma doença articular em que há uma progressiva perda de cartilagem e que infelizmente, não tem cura.

Nos cães, a osteoartrite afeta 20% dos que tem mais de um ano de idade. Entre os sintomas mais visíveis estão a dor e redução de mobilidade articular. Isso diminui a qualidade de vida dos animais, tanto no aspecto de uma rotina ativa quanto no humor.

No caso dos gatos, é mais difícil identificar os sinais da doença. Entretanto, 90% deles com mais de 7 anos de idade apresentam degeneração articular em exames de raio-x.

COMO O COLÁGENO PODE AJUDAR OS ANIMAIS

Pets com osteoartrite devem fazer tratamentos que atuem na regeneração das cartilagens. Uma das formas de combater a doença é com Petagile®, composto por peptídeos bioativos de colágeno. Petagile® possui uma enzima patenteada que faz uma hidrólise específica e controlada, gerando pepetídeos bioativos de colágeno específicos para as articulações dos animais

Além de trazer benefícios para animais idosos, para os mais novos contribui para a preservação da mobilidade e flexibilidade, bem como aumenta seu desempenho e conforto nas articulações. Mais benefícios você encontra neste artigo completo!

Disponibilize o Petagile® na sua farmácia de manipulação, entre em contato com a gente!

Referências: Tua Saúde e SNC

Comentários no Facebook

topo