Entenda a diferença entre vírus e bactéria e as doenças causadas por eles

diferença entre vírus e bactéria

Talvez seja mais fácil começarmos pelas similaridades entre bactérias e vírus. Ambos não podem ser vistos a olho nu, afinal, são micróbios. Com alta capacidade de multiplicação, podem causar diversas doenças e, algumas delas, fatais. Portanto, entender a diferença entre vírus e bactéria é importante para saber com o que estamos lidamos.

Além disso, a humanidade sempre esteve cercada de pandemias, com todas suas ressalvas acerca dos contextos de cada época. Mais recentemente, com o descobrimento do novo coronavírus, muitos estudos vêm sendo publicados nesse âmbito, e pesquisas estão em busca de uma vacina.

Neste artigo, você vai conhecer quais são as diferenças entre vírus e bactérias, doenças mais comuns causadas por esses microrganismos e formas de tratamento. Continue a leitura para entender melhor!

DIFERENÇA ENTRE VÍRUS E BACTÉRIA

Vamos começar pelas bactérias. Elas são organismo que possuem somente uma célula, com genoma definido e estruturas celulares que produzem proteína. Com metabolismo próprio, sua disseminação se dá pela divisão, multiplicando-se. Apesar do que o senso comum seja de que as bactérias são um malefício para o corpo, isso não é bem assim. Algumas bactérias podem causar doenças, mas outras são essenciais para o corpo humano. Nesse último caso, um ótimo exemplo são as bactérias da flora intestinal, que ajudam no processo digestivo.

Já os vírus, podem ser centenas de vezes menores que as bactérias, microrganismos acelulares, não são considerados células. Aliás, para alguns cientistas, nem seres vivos eles podem ser considerados. São considerados parasitas, pois somente conseguem se reproduzir no interior de células vivas. Isso acontece ao transferir material genético em células de outros seres vivos, reprogramando-as para que essas produzam mais vírus. 

Dessa forma, chega um momento em que essas células infectadas podem arrebentar-se, liberando mais vírus. No entanto, cada vírus possui uma tipo de célula hospedeira específica. Por isso, alguns vírus somente atacam animais, plantas ou humanos. há ainda o caso de alguns vírus que somente atacam bactérias e fungos.

DOENÇAS CAUSADAS POR VÍRUS E BACTÉRIAS

Foram anos de pesquisa e desenvolvimento de tecnologia para que a ciência pudesse ser capaz de identificar a diferença entre vírus e bactéria. Abaixo, mostramos algumas das doenças mais conhecidas causadas por elas.

BACTÉRIAS

  • Tuberculose;
  • Difteria;
  • Cólera;
  • Tétano;
  • Pneumonia;
  • Botulismo;

VÍRUS

  • HIV;
  • Dengue;
  • Sarampo;
  • Gripe;
  • Raiva;
  • Herpes;
  • Catapora;
  • Hepatite.

FORMAS DE TRATAMENTO

A principal diferença entre vírus e bactéria também está na forma como eles podem tratadas. As bactérias são sensíveis aos antibióticos, mas os vírus não. O que significa que há mais dificuldade para curar uma doença causada por um vírus. A única solução medicamentosa que existe para os vírus são os antivirais. Nesse caso, o objetivo do antiviral é inibir a replicação do vírus dentro de células sadias. 

Por outro lado, as bactérias também não são tão fáceis de tratar, dependendo do caso. Como sabemos, a assistência farmacêutica têm se esforçado para orientar sobre o uso de antibióticos. É fundamental seguir o tratamento até o final, porque caso o paciente não siga as orientações médicas e pare o tratamento antes, algumas bactérias mais resistentes poderão continuar no corpo. Dessa forma, não são eliminadas do organismo e ganham mais força. Por isso, o uso do antibiótico deve ser acompanhado pelo profissional de saúde.

Sobre as vacinas, elas podem ser desenvolvidas tanto para bactérias quanto vírus.

MAS COMO SE PREVENIR?

Entre as principais formas de prevenção está a higiene. É essencial lavar as mãos antes de comer, ter uma higiene pessoal em dia, lavar os alimentos, como frutas e legumes, antes de consumi-los. Além disso, evitar consumir itens fora do prazo de validade. E no caso da água, também é preciso atenção: sempre beba água potável.

Ademais, é indispensável manter a imunidade alta. Ter uma alimentação balanceada, praticar exercícios físico, ter uma vida ativa, dormir bem e manter boa saúde mental, são alguns dos fatores que interferem no momento do corpo reagir ao vírus e bactérias. Sobretudo, durante o inverno, é preciso ter cuidados redobrados. As temperaturas mais baixas podem tornar mais propícias as gripes e resfriados.

Que tal compartilhar este artigo? Pode ajudar outras pessoas a entenderem também a diferença entre vírus e bactéria!

Referências: DW, ISaúde e Revista Galileu

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo