5 cuidados indispensáveis à pele oleosa

cuidados com a pele oleosa

A sua pele está sempre com aparência brilhosa e você já não sabe mais o que fazer? Existem alguns cuidados com a pele oleosa que você pode adotar e que são eficazes para combater ou controlar o problema.

Com a finalidade de mantê-la saudável e bonita, é importante conhecer os fatores que influenciam na oleosidade da pele. Além disso, também é fundamental usar produtos específicos para hidratá-la, sem aumentar o brilho.

Continue a leitura e descubra como eliminar o brilho excessivo da face, com cuidados que você pode adotar no dia a dia!

Quais cuidados com a pele oleosa são mais eficazes?

Para manter a saúde e a beleza da cútis, eliminando o excesso de brilho, é importante seguir algumas recomendações. Para te ajudar, selecionamos alguns cuidados com a pele oleosa, que você poderá aplicar em casa. Confira!

1. Faça limpeza de pele

A limpeza é um dos cuidados com a pele oleosa mais essenciais. Esta deve ser realizada logo pela manhã, com água fria/morna e sabonete específico. Como efeito, o sabonete, que contém ativos para esse tipo de pele, inibe a produção excessiva das glândulas sebáceas.

Outro produto eficaz para a limpeza facial é o gel com ativos, por exemplo, enxofre e ácido salicílico. Eles têm a função de controlar o brilho excessivo da pele, já que possuem propriedades anti-inflamatórias e secativas.

2. Evite lavar demais o rosto

Lavar várias vezes o rosto não vai ajudar a diminuir a oleosidade da pele. Mas, pelo contrário, vai contribuir com o aumento do problema. É recomendado lavar o rosto três vezes ao dia, no máximo. Ou seja, ao acordar, no meio do dia e antes de dormir.

Saiba que lavar o rosto em excesso pode ressecar a pele, fazendo com que ela produza ainda mais oleosidade. Além disso, a flora cutânea é comprometida, alterando sua microbiota e comprometendo a barreira natural de proteção.

Ao lavar o rosto, prefira:

  • Sabonete líquido, indicado para seu tipo de pele;
  • Água em temperatura amena;
  • Finalizar com água fria.

3. Não abra mão da hidratação

Diferentemente do que se pensa, a pele oleosa também precisa ser hidratada. Surpreendentemente, a maior parte do sebo é produzido para manter a hidratação da cútis. Portanto, ao mantê-la em dia, o organismo entenderá que não é preciso produzir essa oleosidade.

A saber, esse excesso de oleosidade ocorre em pele ressecada, pois o corpo entende que ela requer essa proteção contra agressões externas. Então, após lavar e usar um adstringente, é importante aplicar um hidratante específico. Além disso, considere também a hidratação de dentro para fora, bebendo de 2 a 3 litros de água diariamente.

4. Use produtos que ajudam no controle da oleosidade

Dermatologistas recomendam produtos de tratamento em gel ou sérum para controlar o problema. Mas vale saber, que o mercado oferece outros produtos com ativos combinados, que ajudam, inclusive, a controlar a acne.

5. Escolha produtos específicos para o seu tipo de pele

Os produtos mais indicados são os que não contém óleo em suas composições. Mas, vale saber, que o mercado oferece diferentes texturas, como fluidos, géis, séruns e loções. Os produtos que contêm vitamina C contam ainda com ação antioxidante, combatendo o envelhecimento precoce.

Estes contribuem também com a redução de linhas de expressão e rugas, e funcionam bem para hidratar a pele oleosa. Outro produto importante, é o filtro solar, este indispensável no dia a dia. Porém, dentro dos cuidados com a pele oleosa, é importante observar se o protetor solar conta com fórmula livre de óleo. Há opções de vários produtos com protetor solar incorporado, por exemplo, pó compacto. As versões em gel também são uma boa opção.

Gostou das nossas dicas? Compartilhe em suas redes sociais.

Referências: M de Mulher, Dermaclub, Terra, Beleza e Saúde e Beleza na Web.

Powered by Rock Convert

Comentários no Facebook

topo