Como prescrever uma reeducação alimentar eficiente em períodos de ansiedade?

prescrever reeducação alimentar

Um dos grandes desafios quando o paciente tem interesse em repensar sua alimentação é como prescrever uma reeducação alimentar eficiente. No início ele pode até estar motivado, mas a ansiedade pode tomar conta da situação e prejudicar o processo. Afinal, é comum se deparar com esse tipo de preocupação nos pacientes que estão entrando nessa nova fase.

Restringir alimentos e a expectativa por resultados imediatos pode trazer muita ansiedade a quem está fazendo a reeducação alimentar. Além do que, sem acompanhamento profissional, muitos acabam prejudicando o metabolismo, e perdendo a força de vontade.

A ansiedade no dia a dia pode nos levar a comer compulsivamente, o que atrapalha qualquer dieta. Ademais, os alimentos que consumimos nas crises de ansiedades são ricos em gorduras e açúcar. Quer saber mais? Continue a leitura e saiba como orientar melhor seus pacientes nessa questão.

Como prescrever uma reeducação alimentar ajudando pacientes com ansiedade?

O primeiro passo é entender se o paciente está passando por uma fase psicologicamente difícil. Quando está passando por um momento difícil, é comum que a pessoa se entregue a uma alimentação sem equilíbrio.

No entanto, entender as emoções e cotidiano do paciente é a resposta sobre como prescrever uma reeducação alimentar eficiente. Isto é, trabalhar em conjunto com o paciente também traz resultados positivos e duradouros.

Assim, entendendo a situação do paciente, fica mais fácil indicar o cardápio adequado, com os nutrientes que o corpo precisa nas horas de ansiedade. Inserir alimentos certos, nas horas mais adequadas, pode fazer a diferença.

Ajudando de maneira prática na reeducação alimentar do paciente

Você também pode ajudar o seu paciente de forma prática. Para isso, você pode:

1. Orientar sobre a reeducação alimentar

Levando em conta os hábitos culturais e alimentares, personalize a alimentação do paciente. Tentar aliar de forma saudável os alimentos indicados com as preferências alimentares também pode ajudar na reeducação.

Além disso, o acompanhamento com o profissional é importante, pois garante que as necessidades nutricionais serão supridas. Pois é mais fácil para o paciente não passar por este processo de estresse e isolamento.

2. Adequar o cardápio à rotina do paciente

Muitas vezes o paciente não tem uma rotina fixa e essa falta de planejamento pode trazer ansiedade. Assim, além de montar um cardápio regrado para ser praticado em casa, o profissional pode dar dicas de como comer quando se está fora. Afinal, a alimentação é um fator ainda mais importante que exercícios, mas que devem caminhar juntos para uma vida com mais qualidade.

Portanto, oriente-o sobre como se alimentar melhor em restaurantes, hotéis e vôos. Além disso, indicar pratos e produtos que podem ser facilmente encontrados, e suas substituições. Saiba que, orientar o paciente a seguir a reeducação mesmo fora de sua rotina, evita a ansiedade e o desânimo. Então, indique restaurantes, receitas, alimentos e oriente também sobre como fazer boas escolhas para que o paciente desenvolva autocontrole e autonomia.

3. Auxiliar seu paciente nas compras

Muitas pessoas associam reeducação alimentar com gastos financeiros. Portanto, a orientação na hora das compras pode também ser um aliado eficiente. Ao sair do consultório com o cardápio, oriente o paciente a não ir direto ao supermercado. Peça para que ele analise os ingredientes que possui em casa e só vá às compras depois disso.

Indique substituições caso o ingrediente esteja fora do orçamento do paciente. Ou seja, ajude-o sempre a se alimentar melhor e a comprar apenas a quantidade necessária. Assim o paciente se mantém firme na reeducação, sem gastar mais do que costumava com alimentação.

Outra dúvida comum neste processo de prescrever uma reeducação alimentar ao paciente é quais produtos farmacêuticos devem ser indicados. Aliás, como você sabe, eles devem se adaptar às necessidades do pacientes e, se possível, optar por fármacos de origem natural. Abaixo falamos de duas alternativas interessantes que você pode oferecer aos seus pacientes!

Zembrin®

Zembrin® é um ativo botânico, extraído da planta Sceletium tortuosum e possui uma longa história medicinal africana. A planta era conhecida como uma solução para os povos indígenas que a conhecem como “Kanna”. O que demonstra como essa antiga planta já era utilizada com fins terapêuticos. Assim, com as pesquisas desenvolvidas para entender a ação e os benefícios de Zembrin®, foi possível estabelecer uma relação entre ansiedade e compulsão alimentar.

Com a padronização em alcaloides específicos: mesembrenol, mesembrina, mesembrenona e mesembrenol, Zembrin® atua no sistema nervoso central. Foram identificados como compreendendo bloqueio do transportador da serotonina (5-HT) e inibição seletiva da enzima fosfodiesterase-4 (PDE4). Evidências sugerem que o PDE-4
desempenha um papel crucial na regulação da cognição por meio da sinalização na cascata PDE-4-cAMP, envolvendo a proteína de ligação do elemento de resposta cAMP fosforilado (CREB) (Chiu et al., 2014). Os inibidores da recaptação de 5-HT (ISRSs) são amplamente utilizados no tratamento de transtornos de ansiedade e depressão.

No entanto, comprovou-se que a combinação de ISRSs com um inibidor de PDE4 tem potencial terapêutico sinérgico nos distúrbios do SNC, fornecendo maior eficácia sintomática e maior utilidade terapêutica do que qualquer medicamento isoladamente. Como resultado, foi demonstrado uma dupla ação que melhora os sintomas da ansiedade e depressão, compulsão alimentar associada ao estresse e ansiedade e TPM. Assim como, também melhora a atenção e o raciocínio. E sem oferecer efeitos colaterais.

Dessa forma, vejamos quais são seus benefícios!

BENEFÍCIOS DO ZEMBRIN®

Além de ser uma alterativa natural, Zembrin® tem grandes vantagens em relação a outros suplementos dietéticos e nutracêuticos, incluindo início de ação muito rápido, eficácia experiencial (a maioria dos usuários pode experimentar um efeito dentro de um a dois dias após a ingestão) e excepcional segurança e tolerabilidade.

Dessa forma, outros benefícios que as pesquisas descobriram no desenvolvimento de Zembrin® foram:

  • Zembrin® ajuda a moderar sentimentos gerais de estresse e ansiedade;
  • Ativa as funções cerebrais, melhorando a atenção e raciocínio;
  • Zembrin® promove um sono reparador;
  • Não provoca sonolência;
  • Seguro e não causa dependência;
  • Único extrato de Sceletium com farmacologia publicada;
  • Extrato patenteado fabricado em instalações de classe mundial.

Neste último quesito, podemos destacar que são escolhidas as melhores sementes de Sceletium tortuosum. A planta também recebe todos os cuidados adequados, como temperatura ambiente e solo cuidadosamente controlados. Além disso, Zembrin® segue políticas de plantio ecologicamente responsáveis e ecologicamente sustentáveis.

Zembrin® pode ter seus efeitos potencializados com Slendacor, outra opção natural. Entenda abaixo.

SLENDACOR™

Slendacor™ é uma alternativa de tratamento natural que também não oferece efeitos colaterais para a saúde do paciente. Slendacor™ conta com três princípios ativos, Curcuma longa, Curry Indiano e Moringa oleífera. Aliás, três substâncias possuem propriedade antioxidantes e antiinflamatórias, além de contribuírem para o controle glicêmico e lipídico de forma natural.

Dessa maneira, Slendacor™ comprovou resultados positivos na melhora do gerenciamento de medidas ao inibir o acúmulo de gordura nos adipócitos. No estudo Slendacor™ apresentou resultados em até duas semanas, com redução do peso corporal em 47% e de peso significativa de 9%. Além disso, houve melhora nos níveis de triglicérides e HDL e LDL. Por ser um ativo com 100% de ingredientes naturais, Slendacor™ é seguro e bem tolerado pelos pacientes.

Ao prescrever uma reeducação alimentar, também é importante enumerar os benefícios demonstrados em pesquisas. Vejamos abaixo!

BENEFÍCIOS DE SLENDACOR™

  • Houve uma redução do índice de massa corporal (IMC) significativa após 8 semanas;
  • Contribui para a diminuição da resistência insulínica;
  • Aumento significativo (20%) de adiponectina sérica;
  • Houve uma diminuição significativa no hormônio grelina, hormônio que aumenta o apetite;
  • Melhora nos parâmetros de HDL / LDL e Triglicérides;
  • Ingrediente 100% natural;
  • Seguro e bem tolerado.

Sendo assim, Slendacor™ possui estudos de eficácia comprovados que inibem o acúmulo de gordura e proporcionam maior qualidade de vida. Para avaliação de segurança de Slendacor™, vários parâmetros foram avaliados no soro, urina e sangue total de todos os indivíduos em cada visita durante o estudo. Parâmetros bioquímicos e hematológicos foram medidos a fim de avaliar a segurança e tolerabilidade do ativo.

Dessa forma, os resultados mostram que durante o período de estudo de 8 semanas, não houve eventos adversos importantes reportados. Análises de vários parâmetros de segurança realizados no sangue e na urina não apresentaram modificações significativas a nível fisiológico, indicando que Slendacor™ é seguro e bem tolerado para o consumo
humano.

COMBINAÇÃO DE ZEMBRIN® E SLENDACOR™

Diante dessas informações, prescrever uma reeducação alimentar com a combinação de Zembrin® e Slendacor™ pode ser uma escolha benéfica para saúde do paciente. Afinal, ambos se complementam na redução dos sintomas da ansiedade e diminuem a compulsão alimentar. Pois sabemos como o estresse e a alimentação podem estar associados e resultam em uma ingestão de alimentos desequilibrada e com pouca variedade. A mesma comparação pode ser feita com o estresse e a imunidade, sendo esta última afetada pelo efeito do nível elevado de cortisol no organismo.

Então, agora que você conhece mais sobre Zembrin® e Slendacor™, clique aqui para receber o contato de nossa equipe de visitação médica. Vamos adorar conversar mais sobre essa associação e seus benefícios para o paciente.

*Estas informações são direcionadas exclusivamente a profissionais prescritores

Referência: Dietbox.

Comentários no Facebook

topo