Como fazer networking na área da saúde?

como fazer networking

O networking tem sido uma prática muito valiosa no ramo corporativo. Estima-se que 70% das contratações atualmente são provenientes dessas conexões. Mas muitos profissionais ainda não sabem como fazer networking, e nem sua importância.

Essa não é mais uma ferramenta para os negócios, mas sim um diferencial. Afinal, o talento para se relacionar profissionalmente vale muito, em conjunto com outras habilidades. Conservar uma boa rede de contatos pode fazer diferença na hora de conquistar negócios, ou procurar emprego.

Quando bem feito, pode ampliar sua rede de contatos sendo muito útil para o crescimento profissional. Não somente visando benefícios próprios, mas estabelecendo uma relação de respeito mútuo. Saiba como ampliar sua rede de contatos na área da saúde. Continue a leitura!

Saúde: Por que e como fazer networking?

A competitividade na área da saúde não é nenhuma novidade. Muitas pessoas acreditam que o networking só é necessário quando busca uma posição em alguma empresa. Para o profissional de saúde autônomo, é igualmente necessário e importante.

Ter contato com profissionais da área permite ampliar seus conhecimentos, trocar ideias e experiências, favorecendo o crescimento. Além disso, conhecer pessoas que vivem a sua realidade pode ser um benefício para a saúde mental. Por enfrentarem os mesmos desafios, a resolução é mais produtiva e positiva.

Além disso, ter contato com colegas da saúde pode render indicações de pacientes, assim como o inverso. O trabalho na saúde depende de colaboração e parceria com outros profissionais para agregar valor ao seu serviço.

Mas como fazer networking, bem como mantê-lo, na área da saúde? Entenda alguns passos que podem ajudar a desenvolver uma rede de contatos profissionais duradoura.

Dicas de como fazer networking para os profissionais de saúde

É fundamental desenvolver habilidades para fazer mais ações na área da saúde. Então, para te ajudar, selecionamos algumas dicas de como fazer networking. Confira!

1. Saiba por onde começar

O primeiro passo é listar todos seus contatos, além de avaliar o nível de proximidade, seja pessoal ou profissional. Invista tempo para cuidar dessas relações, de modo que sua rede fique mais forte. Defina objetivos, intenções e metas para sua rede, e como deverá fazer para conquistá-los.

2. Tenha uma presença online

A tecnologia facilitou e permitiu a comunicação fácil e sem barreiras. Utilize isso para fortalecer o seu networking: tenha uma presença online significativa. Esteja nas redes sociais, divulgue seu trabalho e interaja com seus seguidores e outros profissionais da área. O contato online com outros profissionais da saúde pode passar para o mundo real, ajudando no crescimento de seu negócio.

3. Frequente eventos de sua área

Eventos corporativos, principalmente de seu ramo, são perfeitos para fazer e fortalecer seu networking. Afinal, todos falam a mesma língua e passam pelas mesmas experiências. Todos estão ali para compartilhar ideias, conhecer outros profissionais e criar relações. Aproveite os momentos de pausa para iniciar conversas descontraídas, que podem ser importantes para sua carreira.

4. Reconheça o trabalho das pessoas em sua rede

Parabenize pelas conquistas, prêmios e reconhecimentos das pessoas em sua rede. Primordialmente, seja com as pessoas da forma com que gostaria que fossem para você.

5. Por fim: generosidade!

Um dos maiores benefícios do networking é a ajuda mútua. Então, seja generoso e ajude as pessoas de sua rede em que puder. Pois, com certeza, elas farão o mesmo para você!

Coloque essas dicas sobre como fazer networking em prática, pois essas habilidades são importantes para a vida profissional.

Então, gostou das dicas? Compartilhe nas redes sociais!

*Estas informações são direcionadas exclusivamente a profissionais prescritores

Referências: Escola EDTI, Faculdade IDE, Vitta, Na Prática e iClinic.

Comentários no Facebook

topo