Entenda o que é associativismo e conheça os benefícios para sua farmácia

o que é associativsimo

São muitos os desafios para quem decide empreender com uma farmácia de manipulação. Além da parte técnica do negócio, é preciso gerenciar diversas outras áreas, desde a negociação com fornecedores até a atração de clientes. Mas saber o que é associativismo e adotar esse modelo pode ser um diferencial estratégico que garantirá a sobrevivência do negócio.

Em um setor dominado por grandes redes e conglomerados milionários, a competitividade muitas vezes parece um confronto entre Davi e Golias. Mas, com a cooperação proporcionada pelo associativismo, é possível encarar melhor esse cenário e reduzir a desvantagem.

Neste artigo, vamos explicar melhor esse conceito e quais são as vantagens que uma farmácia magistral pode ter ao participar de uma associação. Boa leitura!

Mas, afinal, o que é associativismo?

O associativismo é um modelo que engloba diversos tipos de agrupamento entre empresas, desde cooperativas até redes setoriais e associações de classe. Mas não deve ser confundido com as parcerias com empresas, mesmo que à primeira vista pareçam similares.

Com máquinas logísticas poderosas e facilidade para negociar preços baixos com fornecedores, as grandes redes de farmácias poderiam facilmente esmagar a concorrência de pequenos empreendedores que se arrisquem no setor.

Mas quando essas empresas menores decidem unir forças, elas podem, por exemplo, facilitar a negociação com fornecedores e compartilhar ações de marketing, colaborando para se manter competitivas e conseguir sucesso de forma coletiva.

Dessa maneira, algumas farmácias já apostam na estratégia. Segundo pesquisa da IQVA, houve crescimento de 7,22% no faturamento delas em 2019, comparado com o ano anterior. Enquanto a Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar), identificou aumento de 13,97% de crescimento.

Portanto, juntar-se a uma associação é uma forma de uma farmácia magistral contar com as vantagens competitivas de uma grande rede enquanto mantém a sua independência administrativa.

Existem diversos tipos de associações no setor, e cada uma delas oferece vantagens distintas. Cabe ao empreendedor pesquisar sobre as possibilidades e escolher aquelas que vão trazer muito mais benefícios para o seu negócio.

Quais as vantagens em participar de uma associação?

A principal vantagem do associativismo é o aumento do poder de negociação das empresas associadas. Companhias que compartilham as mesmas matérias-primas podem, por exemplo, exigir preços menores dos fornecedores quando realizam compras conjuntas maiores, aumentando a sua competitividade ao repassar esse custo ao consumidor final.

Troca de conhecimento

Outra vantagem expressiva é a troca de informações e potencialização da administração dos associados, com programas conjuntos e até mesmo a disponibilização de ferramentas de gestão e relacionamento com o cliente desenvolvidos pela associação.

Muitos dos desafios que os empresários de um mesmo setor enfrentam são similares, e, com a colaboração e trabalho conjunto, é possível encontrar formas unificadas de solucioná-los, com um custo e um esforço bem menores do que o do enfrentamento individual desses problemas.

Planejar estratégias de divulgação

Além disso, uma associação pode realizar ações de marketing coletivas, que vão atrair novos clientes a todos seus associados, sendo que cada um deles contribui para a associação de uma forma proporcional ao tamanho do seu negócio.

Dessa forma, com a variedade de empresas integradas à associação, é possível diversificar as formas de divulgação. Uma boa ideia é buscar aliados próximos a sua farmácia e propor uma ação voltada ao bairro. Afinal, boa parte da área de atuação da farmácia se concentra com um público próximo ao estabelecimento, o que facilita sua fidelização.

Capacitação da equipe

A equipe farmacêutica se divide entre diversas áreas, mas nem sempre é possível oferecer treinamento de qualificação para todos. Aliás, o setor de atendimento costuma ser um dos que recebe mais atenção, já que está na linha de frente de contato com o cliente. No entanto, a atualização de todos os colaboradores pode fortalecer o negócio como um todo.

Sendo assim, por meio do associativismo é possível conhecer estratégias de outras farmácias, trocar conhecimento sobre habilidades de profissionais de diferentes áreas e melhorar a performance. É uma oportunidade de ouro poder compartilhar esse tipo de qualificação profissional.

Conceito e layout da loja

Uma das aportações quando a farmácia entende o que é o associativismo, é melhorar o conceito da loja. O grupo pode fazer recomendações sobre qual conceito é o mais benéfico para ela. Assim, todos os aspectos estruturais e propostas da farmácia passam por uma padronização de acordo com a estratégia escolhida. Os colaboradores também podem ganhar uniformes e o estabelecimento fica ainda mais organizado.

Aliás, isso também pode ser considerado uma forma de manter a farmácia magistral atualizada ao mercado e forte para enfrentar redes farmacêuticas que investem milhões em design, publicidade e estratégias de atração de clientes.

Maior lucratividade

Como mencionamos, pesquisas demonstram que o associativismo no setor farmacêutico oferece vantagens lucrativas para cada negócio. Ao ver que há maneiras de obter melhores preços com fornecedores e se beneficiar de outras empresas, a farmácia oferece preços mais competitivos. Assim como realiza um controle de vendas efetiva ao trabalhar como um conjunto.

Além disso, em rede, as farmácias podem produzir relatórios econômicos, coletar indicadores e implementar ações estratégicas de crescimento como um todo. Por isso, os resultados vêm apresentando números positivos e até lucratividade maior no setor para quem aposta no associativismo.

Ferramentas de gestão

Outra possibilidade é investir na automatização e maior praticidade dos processos farmacêuticos. Em especial, sobre a gestão da farmácia, no qual o empreendedor gasta menos tempo com funções repetitivas e que não agregam. Para isso, o associativismo pode implementar ferramentas tecnológicas específicas para o setor farmacêutico. Além de também ser mais fácil identificar, de antemão, o que funciona e o que não.

Portanto, o associativismo é uma forma de as farmácias magistrais se juntar para minimizar a diferença competitiva entre empreendedores individuais e grandes redes, que utilizam recursos milionários para derrotar seus concorrentes.

Assim como, é uma maneira de fortalecer pequenos e médios negócios que encontram vias de se manter sustentáveis com essa aliança. O consumidor também ganha. Afinal, ele tem opções mais variadas de farmácias, obtém melhores condições de compra, tem mais liberdade de escolha e contribui com a economia local da sua cidade. 

E agora que você já sabe o que é associativismo, que tal assinar nossa newsletter? Assim, você recebe outras dicas valiosas como esta!

Referências: Guia da Farmácia, Febrafar e Revista da farmácia 

Comentários no Facebook

topo