Veja como montar kits de produtos na sua farmácia magistral

como fazer kits

Uma ótima maneira de diversificar suas estratégias de vendas na farmácia de manipulação, é com a formulação de kits. No entanto, reunir combinações de produtos não é tão fácil quanto parece. Por isso, hoje você vai saber como fazer kits capazes de atrair mais clientes.

Assim como qualquer outra estratégia de venda, os kits precisam ser planejados, bem pensados e capazes de motivar uma compra. Mesmo que muitos pensem que sabem como fazê-lo, o segredo do sucesso está no seu planejamento. Uma vantagem é que os kits são variáveis e fáceis de serem ajustados, o que pode ajudar no processo.

Além disso, a combinação de produtos farmacêuticos em kits, pode ser uma forma de destacar seu estabelecimento das outras farmácias. Continue a leitura e saiba como montar as combinações ideais!

ESTUDE SEU CLIENTE

Antes de mais nada, trace um perfil do seu cliente. Essa é a melhor maneira de saber se o kit será interessante para ele. Confira quais são os itens farmacêuticos que ele mais compra, com qual periodicidade e quais características.

Ao ser capaz de responder todas essas questões, o farmacêutico deve ter uma visão nítida de quais produtos poderiam atrair seu cliente. E, em seguida, partir para o próximo passo!

PESQUISE O MERCADO

O ramo farmacêutico sempre tem novidades. Então, reunir produtos recém lançados é uma boa forma para montar seus kits. Além de atrair o cliente, também se cria uma exclusividade, com novos produtos.

Aliás, essa pesquisa de mercado também deve envolver a concorrência. Verifique o que outras farmácias estão vendendo, como montam os kits e o que há de atrativo nesses produtos. 

Outra dica, é não se limitar a apenas um kit, reúna produtos para diferente segmentos, ou seja, para 2 ou 3 públicos da sua farmácia. Por exemplo, suplementos alimentares, suplementos para atletas e produtos para a pele. 

ESTRATÉGIA DE PRECIFICAÇÃO

Após entrar em contato com fornecedores, avaliar custos e valor de investimento, no caso de novos produtos, é hora de decidir o preço. Isso porque o preço do kit não deve apenas ser mais barato que o valor separado de cada produto, mas levar em conta todos os fatores anteriores. 

FAÇA COMBINAÇÕES INTERESSANTES

Não é porque produtos farmacêuticos são da mesma categoria que eles devem ir em um mesmo kit. A maneira inteligente como fazer kits é escolher ativos que se complementam e trazem benefícios para os clientes. Então, por exemplo, podemos dividirem em:

Kits IN: aqueles que atuam de dentro para fora, um exemplo, é a combinação Verisol® + OptiMSM. Ambos atuam de dentro pra fora, estimulando a produção de colágeno, atuam contra o envelhecimento precoce, restauram a saúde dos cabelos e unhas e ainda previnem o envelhecimento das articulações.

Kits OUT: Já nesta categoria, os ativos se complementam ao atuarem de fora para dentro. Como é caso do Serum HyMagic + NAG (N-Acetil-D-Glucosamina): ambos têm ação que melhora a hidratação da pele, com fórmulas exclusivas que estimulam a síntese do colágeno, para uma pele firme e hidratada. Além disso, combatem rugas e marcas de expressão.

Ainda são possíveis diversas outras combinações, lembrando que o objetivo é ser um kit diferenciado, e que ofereça benefícios para o cliente que ele só encontra na sua farmácia. 

Quer saber como ter uma relação diferenciada com os clientes da sua farmácia? Clique aqui e saiba o que é venda consultiva. 

Referências: Canal WP e Datacoper

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Comentários no Facebook

topo