Por que o atendimento humanizado é tão valorizado hoje? Entenda!

atendimento humanizado

É muito comum se falar em atendimento humanizado atualmente, especialmente nas empresas ligadas à área da saúde. No entanto, são poucas as instituições que realmente aplicam esse conceito no seu relacionamento diário com o consumidor ou ainda com seus fornecedores.

Se um cliente é o maior ativo de uma organização, então é importante dedicar esforços para mantê-lo e fidelizá-lo. Logo, é mais do que fundamental que todos os setores, desde o administrativo até o atendimento no balcão, sejam treinados para manter um padrão de serviço de alta qualidade e mais próximo do cliente.

Mesmo na era digital, o atendimento humanizado nunca foi tão apreciado, especialmente porque as pessoas valorizam o carinho e o cuidado com os quais são tratadas. Aliás, um atendimento desse forma é sempre lembrado e soma pontos positivos.

Sendo assim, preparamos este conteúdo para que você entenda tudo sobre esse tipo de atendimento e para que consiga implementar essa ideia na sua farmácia. Acompanhe!

O que é um atendimento humanizado?

É verdade que os avanços tecnológicos têm auxiliado diversos processos do dia a dia das empresas. Em contrapartida, se não utilizados de maneira sensata, essa mesma tecnologia pode acabar distanciando os profissionais dos clientes, tornando o atendimento algo mecanizado e engessado.

A finalidade maior do atendimento humanizado é justamente contornar essa lacuna que o serviço automático pode criar. A humanização na hora do atendimento visa uma relação próxima entre as partes, em que as necessidades e os aspectos emocionais do consumidor sejam considerados pelo atendente.

Os cuidados com esse conceito devem começar desde o momento em que o cliente entra na farmácia. Para que funcione, os farmacêuticos, atendentes de balcão e donos do negócio precisam ser atenciosos e respeitosos a todo o momento.

Por que esse tipo de atendimento é tão importante?

Você já deve ter precisado de algum serviço e pedido recomendação a amigos ou familiares, certo? Então, certamente você deve ter percebido que a maioria das indicações é de profissionais ou empresas que têm um diferencial no atendimento ou na prestação de serviço.

O cuidado ao se aproximar, a atenção ao detalhe e o fato de se importar com o emocional do cliente são pontos que fazem as pessoas se lembrarem para sempre de uma empresa ou marca.

Além disso, o atendimento humanizado é uma forma de reforçar o papel do farmacêutico. Ele precisa retomar seu protagonismo no auxílio de assistência médica, na medida das possibilidades oferecidas dentro de uma farmácia. Com isso, o farmacêutico age como também um ajudante do prescritor e pode complementar o atendimento com sugestões de fórmulas farmacêuticas e orientações para o cliente.

Como implementar um atendimento humanizado na  farmácia?

Agora que você sabe o que é e a importância do atendimento humanizado, é hora de conferir 3 pontos a serem observados para que a implementação desse ideal vire realidade:

1. Invista no diálogo

Procure ter clareza na hora de passar informações ao cliente. Quando apresentar o medicamento e precisar utilizar termos mais técnicos, não se esqueça de explicar ao consumidor o que essas expressões significam. Observe se a pessoa está entendendo o que você está informando e deixe-a à vontade para fazer perguntas, caso necessário.

2. Treine sua equipe

Contar com o auxílio do bom trabalho em equipe é essencial para implantar o atendimento humanizado. Você precisa conversar e treinar todos os colaboradores para que essa prática seja compreendida e aplicada pelo grupo.

Não é só com os clientes que a sua farmácia deve se preocupar. Estender a humanização no atendimento a todos os envolvidos no processo, como representantes, fornecedores e profissionais médicos que prescrevem as receitas é um passo bastante relevante para o sucesso da ideia.

3. Foque na necessidade do cliente

Ninguém gosta de sentir que algum produto ou serviço lhe é vendido forçadamente. Dentro das características do atendimento humanizado, está a premissa de que a necessidade do cliente deve ser considerada em primeiro plano.

Além de contribuir para a eficácia do cuidado com o consumidor, essa ação também é determinante para acelerar seu processo de cura, principalmente para aqueles expostos a situações de saúde delicadas. Isso acontece porque o cliente atendido de maneira humanizada passa a ter mais confiança no tratamento e na equipe envolvida, respondendo melhor até mesmo aos recursos clínicos.

4. Crie um relacionamento duradouro

Como qualquer outro tipo de relacionamento de confiança, o profissional farmacêutico e o cliente precisam criar essa relação de forma contínua. Desde o primeiro contato, ter uma atenção redobrada para suas necessidades, problemas e dúvidas. Demonstrar atenção ao paciente e oferecer respostas específicas para seu problema é essencial

Aliás, isso leva tempo e não precisa, nem deve, ser feito às pressas. É preciso conhecer o histórico clínico do paciente, estar por dentro do seu tratamento, questionar sobre os resultados e estar atento à forma como ele se sente com sua saúde, além das opções que lhe foram apresentadas. Esse processo é importante para que o próprio cliente esteja aberto a ouvir e considere o farmacêutico uma fonte de credibilidade.

5. Mostrar o papel da farmácia

Outra forma do farmacêutico empoderar e promover seu papel, é nas ações da farmácia. Muitas dessas ações podem e devem desenvolver-se não só para chamar a atenção para uma causa ou produto inovador, mas para suprir a necessidades do cliente de forma prática e acessível.

Dessa forma, o farmacêutico pode aproveitar e construir campanhas que o aproximem do cliente, nas quais ele possa oferecer um atendimento humanizado. Assim como, demonstrar como a farmácia é uma aliada importante quando o assunto é cuidar da saúde e melhorar a qualidade de vida.

Como você viu, o atendimento humanizado caracteriza-se pelo cuidado, pela atenção e pelo contato “olho no olho” entre quem cuida e quem precisa de assistência. Com esse tipo de atendimento, sua farmácia coloca o cliente em primeiro lugar e, ao mesmo tempo, ganha com o aumento do reconhecimento e da fidelização.

Gostou de saber um pouco mais sobre o atendimento humanizado? Então compartilhe este artigo nas suas redes sociais, para propagar o conceito.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo